quarta-feira, 15 de julho de 2009

Babá/Enfermeira

Meninas, Bom dia!!
Na reta final ..estou postando o máximo que posso. Quem sabe não ajuda a diminuir minhas dores e minha ansiedade.
Essa madrugada fomos para o hospital e descobrimos que estou com um problema no esôfago devido aos pezinhos dos anjinhos que está comprimindo meus órgãos e principalmente meu estômago.
As sensações são as piores: Falta de ar, arde e queima entre os seios, é uma loucura!
Coitado do maridão..está sofrendo com a mamãe e os pequenos!
Imagino se fossemos 3 mulheres .... ahhhh eu ainda vou ter que tentar uma menininha para dar trabalho ao papai..rs
Tive que assinar um termo me recusando aquelas aplicações de injeção (Sempre o Buscopan + Dramin + etc) rssss e vim pra casa apenas com Magnésio (que auxilia na sensação de mau estar e ajuda a "liberar" o caminho entre o estômago e o esôfago).
Hoje acordamos melhor, mas ainda sinto bastante.

Não sei se já contei pra vocês, mas o parto está previsto entre dia 28 ao dia 03 de Agosto.
Meu pai faz aniversário dia 10 de Agosto e é dia dos Pais. Seria ótimo dar um presentão duplo p/ o sogrão, papai e maridão.. mas acho que não vamos aguentar.
*****
Vamos falar um pouco de Babá/ Enfermeiras?
Para quem mora em Capitais ou em cidades grandes é fácil contratação desse tipo de serviço especializado e até reconhecido por algumas escolas de formação (o que ao meu ver não garante mais que a própria seleção dos pais e pesquisas).
Em São José dos Campos/SP (do lado de Taubaté/SP aonde moro), há diversos serviços oferecidos que são bem mais especializados que aqui em Tté.

Dispensando esses serviços oferecidos superficialmente (sem o contato com a profissional).. Eu optei por ter uma babá sim.. afinal, são DOIS! São viagens, são visitas, são passeios, é tudo duplamente trabalhoso. Não que eu não me ache capaz de dar conta dos meus dois anjinhos.. mas quem me garante? Eu nunca tive experiência.

Além de que, não posso deixar para última hora. É MUITO importante selecionar bem quem vai te auxiliar com seus anjinhos...e isso pode levar tempo!

Com a sorte que tenho (flexibilidade no trabalho) e de poder até me ausentar dele até que me sinta preparada para voltar.. vou poder me dedicar integralmente a eles.
Então, terei uma auxiliar.. uma pessoa de confiança, uma babá para integrar ainda mais a minha organização com o Bernardo e o Caio..e também na vida da família.
Como?
Bom.. Letícia trabalha para nós já faz tempo, ela tem 27 anos, não fuma, não bebe, solteira (namora mas não quer casar..rs), é organizada, disciplinada e discreta. Veio de uma família enorme e muito carinhosa... ao todo já são 25 sobrinhos que ela tem!! E ela sabe quando cada um nasceu, dos cuidados com cada um, quando nasceu quanto pesava, o que fazem, o que querem ..etc.
Quando ela veio trabalhar aqui ela estava se recuperando de um acidente e ainda estava voltando ao seu ritmo. Nós a adotamos pela capacidade de discrição e organização (muito importante).
Na CTPS dela, há anotações do período que trabalhou de babá e não consta nenhuma restrição. Nas casas aonde trabalhou a referência também é muito boa.
Como a família toda dela trabalha no ramo doméstico .. acontece muitas vezes ela ter sido babá de uma ou duas crianças que crescem e ela ser dispensada (cortes das mamães). Como por exemplo, a irmã dela trabalha na última casa em que foi babá.. e até hoje a pequena que cuidou vem visitá-la (moramos no mesmo condomínio) e sente falta dela. É bacana, não?!

Seria tão bom se tudo isso parecesse altamente suficiente, mas não é. As vezes nos enganamos, pessoas indicam por desconhecimento ou superficialmente...e por aí vai.
Mas é importante fazer uma pesquisa como eu disse acima, pois mesmo que a babá vá ficar te auxiliando.. vai ter uma hora que você precisará sair e ela estará com seus anjinhos lindos!! E não seria nada bom vê-los sofrendo com alguém que não seja suficiente.

No meu caso, estou optando pela Babá e na contratação de uma nova empregada para manter a ordem aqui em casa. Afinal, com dois e sem disciplinas..vou pirar!!!
Há quem diga: Porque você não pede ajuda pra sua mãe, pra sua sogra, pra sua tia, pra sua prima, pra sua amiga?! Ora.. não sei se já presenciaram alguma amiga ou parente que optou por isso. Eu já presenciei várias e confesso ter me assustado muito.
Geralmente, acaba virando uma convivência invasiva.. cheia de dizeres e opiniões.. cheia de palpites ou "observações desnecessárias".
E lembrem-se que pelo menos nas primeiras semanas dos anjinhos precisamos de PAZ, de adaptação, de envolvimento total com eles.


Para ajudar na contratação da babá/enfermeira .. é bom estar atento a alguns quesitos que segue abaixo:

1)Ter experiência anterior;
2)Ter bons antecedentes, por isso requerer certidões negativa cível e criminal; (não se envergonhe em pedir)
3)Ter boa saúde, apresentando atestado médico: candidatas com doenças de pele, tosse crônica, maus dentes e amígdalas infectadas devem ser descartadas imediatamente;
4)Ter noções do desenvolvimento do bebê;
5)Possuir boas referências, principalmente ter trabalhado para alguém conhecido;
6)Obedecer princípios de higiene;
7)Ter atitude, sabendo reagir com eficiência em situações de emergência (febre, choro excessivo, acidentes), ligando para os pais e para o médico para saber o que fazer;
8)Manter bons hábitos (não fumar, não beber, não usar drogas ou remédios);
9)Ser alfabetizada para poder ler instruções, histórias, receitas médicas;
10)Ser afetiva, gostar de brincar e saber se comunicar com a criança.
DICAS:- Desconfie se a candidata apresentar uma carteira profissional nova, alegando ter perdido sua outra carteira profissional ou se a carteira estiver riscada/rasurada;- Cuidado com as referências apresentadas: às vezes são passados telefones de amigos/parentes das próprias babás, por isso a importância de se conhecer a pessoa para quem a babá trabalhou.Com certeza a referência por parte um amigo ou parente nosso é a melhor solução.

Um comentário:

  1. Mamãe,

    É com enorme satisfação que lhe convidamos para a My Baby Little Spot, o cantinho do seu bebê

    http://mybabylittlespot.blogspot.com/

    Nosso blog ainda está em construção, mas você é, desde já, muito bem vinda!

    ResponderExcluir